Tekoá Brasil

Projetos Sociais, Socioambientais e Voluntariado

A Tekoa apóia projetos sociais e de conservação nas áreas em que atua através da promoção de atividades turísticas nos mesmos e também com voluntariado.

 

 A Revolução dos Baldinhos

download

A Revolução dos Baldinhos é um projeto de gestão comunitária de resíduos orgânicos sincronizada à prática de Agricultura Urbana, idealizada e implementada por moradores da comunidade junto com o Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro) na comunidade Chico Mendes (Bairro Monte Cristo, Florianópolis). O projeto, que está em andamento há 6 anos, conta com a participação de jovens da comunidade.

A comunidade Chico Mendes é uma das nove que compõem o bairro de quase 13 mil moradores. O lugar é o abrigo da Revolução dos Baldinhos, projeto que recolhe e faz a compostagem de 15 toneladas de resíduos orgânicos por mês. Começou com 500 quilos, coletando material descartado por uma escola, uma creche e cinco famílias que aceitaram separar o lixo. Hoje faz parte da rotina do Monte Cristo, alterou a rotina de vida de alguns moradores e multiplicou o número de famílias participantes por 50 – atualmente são cerca de 250 famílias.

Os voluntários terão a possibilidade de vivenciar todo o processo de coleta dos resíduos, desde o transporte para o local, onde o mesmo é armazenado e vira adubo, e acompanhar a distribuição do adubo para os moradores da comunidade. Além da experiência na parte ambiental, os voluntários também vão conhecer um pouco da vida e do cotidiano dos moradores da comunidade Chico Mendes. O projeto de coleta de lixo orgânico não é apenas um projeto ambiental, consequentemente ele atua também na parte social quando conseguem trazer para dentro do projeto jovens que muitas vezes acabam sendo levados para o caminho da violência. É um trabalho que contribui bastante para elevar a autoestima de toda uma comunidade.

download (1)

Morada Ekoa

067

A estação de Permacultura busca servir de exemplo para Projetos Sustentáveis, encorajando as pessoas em buscarem novas iniciativas. Nosso dinâmico espaço é marcado pelo aprendizado e cotidiano de iniciativas ambientais, bioconstrução, sistemas de saneamento ecológicos com tratamento local e jardins filtrantes.

O voluntariado na Morada Ekoa é destinado a todas as pessoas que queiram vivenciar o cotidiano de um projeto sustentável baseado na Permacultura, compartilhando conhecimentos e construindo novos com base na experimentação e troca de saberes; Promovendo o desenvolvimento de novas habilidades em harmonia com a natureza.

Acolhida na Colônia

acolhida
A Acolhida na Colônia é uma associação de agricultores que promove o agroturismo ecológico desde 1998, em propriedades praticantes de agricultura orgânica no estado de SC. É integrada a Rede francesa Accueil Paysan (atuante na França desde 1987).

Ela tem como principal proposta valorizar o modo de vida no campo. Dessa forma, os agricultores”abrem suas portas” para mostrar ao visitante seu modo de vida simples e suas práticas ecológicas através da agricultura de subsistência e orgânica.

O objetivo é compartilhar com os visitantes o saber tradicional, as histórias, a cultura e as paisagens durante as conversas a beira do fogão a lenha.

Alem das propriedades capacitadas a trabalhar com o turismo, a Acolhida juntamente com seus parceiros desenvolveu uma linha de produtos resultantes da produção associada ao turismo, com trabalhos de artesanato local e a disponibilizou em venda direta em seu site no seguinte link ARTESANATO. Através deste trabalho, os produtores utilizam recursos próprios e realizam um autêntico trabalho que “foge” da imitação e dão continuidade a obra de seus antepassados, contribuindo com o resgate e a permanência de formas originais da cultura catarinense.

Instituto Ekko Brasil

projeto lontra
Situado às margens da Lagoa do Peri, a ONG tem como missão o estudo e a manutenção da biodiversidade e a conservação de ecossistemas e espécies ameaçadas, com o intuito de contribuir com a melhoria da qualidade de vida e proporcionar um legado positivo às gerações futuras.

Diversos projetos são executados entre eles o Lontra Brasil e seu Refugio Animal, que é responsável pelo acolhimento, recuperação, conservação e ampliação do conhecimento técnico de lontras, iraras e furões. Além disso, o instituto vem exercendo um trabalho de conscientização aos turistas e nas comunidades que habitam no entorno dos projetos através de praticas sustentáveis e do turismo de conservação, recebendo ecovoluntários do mundo todo para participar do projeto.

O local possui um centro de visitantes destinado a educação ambiental, trilhas educativas e realiza cursos de formação e capacitação comunitária.