Tekoá Brasil

VIVENCIA TRIBAL EM ALDEIA KRAHÔ

“Uma viagem fantástica guiada por um dos mais renomados indigenistas brasileiros”

Localizadas no centro-oeste do Brasil, no estado do Tocantins, as Aldeias indígenas Krahô contribuem para a preservação de cerca de 300.000 hc. (3000 km2) de cerrado, sendo esta a maior área contínua preservada deste bioma.
Acompanhados pelo Indigenista Fernando Schiavini, vamos participar de vivencias tribais nessas aldeias, proporcionando aos interessados em aprender sobre a cultura indígena, a oportunidade de vivenciar de perto seus hábitos e costumes, eu uma viagem transformadora.
Nesta oportunidade, sera realizada a festa Pemp’kahàc na Aldeia Cachoeira. O “pemp’kahàc” é um ritual que marca a passagem de  jovens para outra fase da vida, a adolescência.  Durante a festa, que dura 03 dias, as crianças, que permaneceram durante um período isoladas, aprendendo os rituais da tribo, são apresentadas à aldeia e, ao final, emplumadas e enfeitadas, para participarem do “grande final”, que certamente ficará marcado em suas memórias e também de quem assiste o ritual pela primeira vez.

Para saber mais sobre o indigenismo e os Khraô: http://fernandoschiavini.com.br/

Para saber mais sobre o povo Khraô e as vivências tribais: http://tekoabrasil.com/quem-sao-os-krahos/

Incluso

  • Transporte de ida e volta a partir de Palmas
  • Equipe composta por 2 facilitadores: “Fernando Schiavini” mais um guia acompanhante e bilíngue acompanhando durante toda a viagem
  • 2 pernoites em pousada em habitação standard com café da manhã incluso (Dias 1e 6)
  • 4 pernoites na aldeia em casa de nativos ou na área de camping como descrito no item acima descrito “vivencias tribais” (Dias 3, 4, 5, 6,)
  • Condutor local para atividades na aldeia
  • Todas as refeições inclusas (Dias 3, 4 e 5)
  • Palestra de sensibilização e jantar de boas vindas no “Canto das Artes” em Taquarussú (Dia 1)
  • Vivencias descritas acima no item “vivencias tribais” durante os dias nas aldeias (Dias 2,3,4, 5 e 6)
  • City Tour histórico cultural e visita a cachoeira em Taquaruçu ( hr de duração) acompanhados de guia local
  • Seguro individual

Não incluso

  • Refeições não descritas no item acima “o que inclui”
  • Bebidas durante as refeições acima descritas
  • Gorjeta ao guia e outros facilitadores

VIVENCIA TRIBAL EM ALDEIA KRAHÔ

FESTIVIDADE DE JULHO – PEMP'KAHÀC / Acompanhados pelo Indigenista Fernando Schiavini
Dia 1: Saída de Palmas com destino a Taquarussú. Após a chegada no aeroporto de Palmas, seguiremos para uma pousada agradável, localizada entre serras e na proximidade de cachoeiras, na cidade de Taquarussu, a cerca de 40 Km. da capital. À noite teremos um jantar de boas vindas e uma reunião no “Canto das Artes”, um ponto de cultura. O objetivo da reunião é informar a todos sobre o roteiro e os procedimentos da viagem, quando chegarmos à aldeia Krahô. Na ocasião deste encontro, teremos uma Mostra de filmes - no Espaço Canto das Artes (http://www.cantodasartes.org.br/).

Dia 2: TAQUARUSSÚ – ITACAJÁ. Após o café da manhã, check out. Saída de Taquarussú a Itacajá (300km). CHEGADA NA ALDEIA Cachoeira, distante cerca de 60 km de Itacajá. Chegaremos à aldeia por volta das 16:00 e seremos recebidos cerimonialmente pela comunidade. Armaremos o acampamento em local pré-determinado, no círculo da aldeia, próximo a uma casa típica, que servirá de ponto de apoio ao grupo. Este ponto de apoio contará com uma cozinheira regional, que providenciará as refeições e lanches. No local haverá sempre disponibilidade de água potável, café e sucos naturais. Para os que preferirem, haverá um fogão disponível para elaborar sua própria alimentação. O local do “camping” contará com banheiro rústico. Haverá também a disponibilidade de banheiro “urbano” (com vaso e chuveiro) cedido pela escola local. Para os que preferirem, os banhos poderão ser tomados no rio que banha a aldeia. À noite deste dia, participaremos de reunião da comunidade no pátio central da aldeia, quando todos serão apresentados e poderão conhecer detalhes da festa que se iniciará no dia seguinte. Após a reunião iremos dormir ouvindo os cânticos Krahô, que geralmente duram toda a noite.

Dia 3: INICIO DA FESTA. Após o despertar e o café da manhã, assistiremos ao inicio da cerimonia programada. Após as primeiras fases da festa, quando o sol começa a esquentar, os Krahôs se reúnem em uma casa especial, para fazer pinturas corporais, cortar os cabelos , cantar e contar histórias. Todos que quiserem poderão solicitar às mulheres Krahô que os pintem de maneira tradicional. A permanência nesta “casa da festa” se dá até por volta das 16:00, quando se iniciam as corridas de toras e outras fases da festa, que vão até aproximadamente as 18:00. Após o jantar, a festa continua durante toda a noite, no pátio central, com cânticos e danças, aberta a todos que queiram participar.

Dia 4: A FESTA CONTINUA. A programação se repete, com novas fases da festa.. No meio da manhã, após os ritos da festa, poderemos fazer uma caminhada pelo cerrado, por cerca de 05 km., até o roçado de uma das famílias da aldeia, para que todos conheçam as formas de plantio e os alimentos cultivados pelos Krahôs. No retorno, um refrescante banho de rio e depois o almoço. À tarde deste dia acontece o desfile dos jovens que estão sendo iniciados. À noite, continuam novas fases da cerimônia, até o amanhecer.

Dia 5: FINAL DA FESTA. Bem cedo os jovens iniciados são emplumados e ornamentados. Em seguida ocorre uma corrida de toras, que são buscadas a mais de 10 km. da aldeia. Em seguida há uma “apoteose”, com o desfile dos jovens no círculo da aldeia, acompanhado por cânticos e danças. O ritual termina por volta das 10:00. Após o almoço, iremos visitar outra aldeia Krahô, chamada “Pé de Côco”, a cerca de 08 km. de onde estaremos hospedados. Nesta aldeia, faremos uma caminhada até uma cachoeira, distante cerca de 03 km. desta aldeia. Após a isso, retornaremos ao nosso acampamento. À noite, participaremos de uma conversa com a comunidade no pátio central, sobre temas e experiências diversas.

Dia 6: TOUR PELA TERRA KRAHÔ. Pela manhã faremos um passeio de carro pela terra Krahô, quando o grupo poderá conhecer as características de seu relevo e vegetação e as estratégias Krahô de susbsistência e conservação dos cerrados e das águas. No percurso, visitaremos mais uma aldeia e tomaremos um banho de cachoeira. Retornaremos ao acampamento no final da tarde.

Dia 7: RETORNO A PALMAS. Após o café da manhã iniciaremos nosso retorno a Taquarussu, chegando à pousada por volta das 15:00. À noite, faremos uma reunião no “Canto das Artes”, com jantar, para as avaliações e tirar as eventuais dúvidas sobre aspectos da viagem. Pernoite.

Dia 8: TOUR POR TAQUARUSSU. Após o café da manhã faremos um passeio pela cidade de Taquarussu, com parada em uma de suas belas cachoeiras. Em seguida, serão feitos os traslados para o aeroporto, de acordo com os horários de embarque dos participantes.

Informação

Depoimentos

  • “Turismo com responsabilidade. Sem agredir o meio ambiente e as pessoas!
    Os passeios da Agência tem sempre o diferencial da sustentabilidade e é isso que é muito legal! Fizemos passeios de ecoturismo e turismo comunitário, todos com ótima explicação dos pontos visitados e com integração com a comunidade local!”

    Vista panorâmica da praia dos Naufragados Thiago Cagna, ecohospedagem.com
  • “Fiz o passeio da Lagoa do Peri. O Gabriel foi meu guia. Durante à volta na Lagoa e a ida à cachoeira da Gurita, explicou-me a formação geológica da Ilha de Santa Catarina, a habitação pelos índios Sambaqui e foi até a colonização portuguesa chegando aos dias atuais! Um poço de conhecimento. Além do passeio, que é uma contemplação fantástica da natureza – vendo a Lagoa do Peri, a cachoeira e várias espécies de aves – foi uma aula de geologia, história e geografia.”

    Mayko F, Macaé, RJ