Tekoá Brasil

FOZ DE IGUAÇU

Foz do Iguaçu, uma cidade multicultural e tri-nacional que une Brasil, Paraguai e Argentina, é reconhecida internacionalmente principalmente pela natureza exuberante de suas Cataratas. Fundada em 1914, é a 2° cidade que mais recebe turistas no Brasil. Com cerca de 260 mil habitantes, Foz se destaca pela sua diversidade cultural, pois abriga cerca de 80 nacionalidades estrangeiras, com destaque para Paraguai, Líbano, China e Argentina.

As opções de passeios são muitas com destaque para as Cataratas do Iguaçu, o Parque das Aves, o Vale dos Dinossauros, a Usina de Itaipú, o Marco das 3 Fronteiras, o Ecomuseu, entre outras.

Para quem optar por se hospedar no lado Argentino, a cidade de Puerto Iguazú oferece excelentes opções de hospedagem e entretenimento.

Parque Nacional de Iguaçú

As Cataratas do Iguaçú somam um total de 275 quedas de água, envoltas por uma extensa área de Mata Atlântica. Ela é considerada uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza que estao protegidas pelo Parque Nacional do Iguaçú. Suas quedas podem ser apreciadas a partir de diversos mirantes e uma passarela de 1,2 quilômetros. O Parque foi criado em 1939 com a finalidade de proteger uma riquíssima biodiversidade, constituída por espécies representativas da fauna e flora brasileiras, das quais algumas ameaçadas de extinção, como a onça-pintada, o puma, o jacaré-de-papo-amarelo, o papagaio-de-peito-roxo, entre outras espécies de relevante valor e interesse cientifico.

Lenda das Cataratas

Sao muitas as lendas indígenas que falam sobre a formação do maior conjunto de quedas d’água do planeta. Uma delas diz que os índios da etnia caingangue, que habitavam as margens do Rio Iguaçu, acreditavam que o mundo era governado por M’Boy, o deus serpente, filho de Tupã. O cacique da tribo, Ignobi, tinha uma bela filha chamada Naipi. Por causa de sua beleza, Naipi seria consagrada ao deus M’Boy, passando a viver somente para seu culto. Havia, no entanto, entre os caingangues um jovem guerreiro chamado Tarobá, que se apaixonou por Naipi.

No dia em que foi anunciada a festa de consagração da bela índia, quando o cacique e o pajé bebiam cauim (bebida feita de milho fermentado) e os guerreiros dançavam, Tarobá fugiu com Naipi em uma canoa, que seguiu rio abaixo, arrastada pela correnteza. M’Boy ficou furioso quando soube da fuga e penetrou nas entranhas da terra. Retorcendo seu corpo, produziu uma enorme fenda que formou uma catarata gigantesca. Envolvidos pelas águas, os fugitivos foram tragados pela imensa cachoeira. Naipi foi transformada em rocha logo abaixo da cachoeira, fustigada pelas águas revoltas. Tarobá foi convertido em uma palmeira, situada à beira do abismo. Debaixo dessa palmeira existe uma gruta, de onde o monstro vingativo vigia eternamente suas vítimas.

Melhor época: Durante o ano todo. O verão é tipicamente quente com muito sol e céu azul. No inverno, há manhãs e noites geladas, porém, na maior parte da estação, as tardes costumam ser amenas, assim como há alguns dias de chuvas mais rigorosas. Entre o fim do inverno, e o início da primavera existem dias quentes e nublados. A primavera é bastante verde, com dias ensolarados e temperaturas agradáveis, embora hajam dias chuvosos, são seguidos de dias bastante azuis. E o outono é caracterizado por dias quentes e de muito sol.

Dicas: Conhecer as cataratas do lado brasileiro e do lado argentino proporciona um perspectiva diferente do local.

Sustentabilidade

-Visita ao Parque Nacional mais bem estruturado do país – Parque Nacional de Iguaçú, declarado Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, protegendo mais de 600 mil hectares de áreas  e outros 400 mil em florestas ainda primitivas, abrigando o maior remanescente de floresta Atlântica da região sul do Brasil.

Itinerário

Parque Nacional de Iguaçú - Parque das Aves - Usina Hidrelétrica de Itaipú - Ecomuseu - Refúgio Ecológico - Porto Kattamaran - Cataratas lado Brasileiro e lado Argentino
Neste programa vamos conhecer os lados brasileiro e argentino das Cataratas, com suas mais de 270 quedas cercada de Mata Atlântica. Iniciaremos com um city tour por Foz do Iguaçu, com a finalidade de reconhecer a cidade multicultural que reúne diversas nacionalidades. No Parque das Aves vamos apreciar mais de 800 tipos de aves e borboletas caminhando dentro dos viveiros e no Complexo Hidrelétrico de Itaipú vamos conhecer a barragem, o vertedouro, o Ecomuseu e o Refúgio Ecológico, finalizando com um passeio de Katamaran no final da tarde. Para obter o roteiro detalhado entre em contato com a Tekoá. Temos outros roteiros de 3 ou 7 dias que incluem também outros atrativos como o Macuco Safari, o Passeio das Águas das 3 Fronteiras, o Vale dos Dinossauros, o Museu de Cera, a Trilha do Poço Preto além de esportes de aventura.

Incluso

  • Aeroporto – Hotel – Aeroporto
  • Transfer para os passeios citados no roteiro
  • 4 pernoites com café da manhã em Hotel categoria Standard (4*)
  • City Tour em Foz do Iguaçu
  • Visita as Cataratas do Iguaçu - lado brasileiro (ingresso não incluso)
  • Visita as Cataratas do Iguaçu - lado argentino (ingresso não incluso)
  • Visita ao Parque das Aves (ingresso não incluso)
  • Visita Panorâmica á Usina Hidrelétrica de Itaipu
  • Visita ao Ecomuseu
  • Visita ao Refúgio Ecológico
  • Seguro

Não incluso

  • Nenhum tipo de bebida
  • Almoço no Restaurante Porto Canoas nas Cataratas (lado Brasileiro)
  • Jantar na Churrascaria Raffain
  • Refeições não mencionadas no item anterior
  • Gorjetas ao motorista e guias
  • Gastos pessoais
  • Ingresso Parque das Aves – R$24
  • Visita Panorâmica à Usina Hidrelétrica de Itaipu (Passeio em veículo aberto. Em dias de chuva, recomenda-se utilizar capa de chuva) – R$26 ou R$13 (meia entrada - Adultos acima de 60 anos, estudantes de instituições brasileiras, professores de instituições, brasileiras e brasileiros doadores regulares de sangue com comprovação)
  • Passeio de Barco – Porto Kattamaram – R$60,00 (nota - É necessário estar no Porto Kattamaram no horário de saída do barco, durante a Visita Panorâmica - que tem um ponto de parada no porto). Recomenda-se a compra antecipada, pois o passeio tem vagas limitadas. A este produto não se aplica meia-entrada)
  • Jantar no passeio de barco Porto Kattamaram.
  • Ingresso às Cataratas do Iguaçu (lado argentino)
  • Ingresso a Cataratas do Iguaçu (lado brasileiro)

Informação

Depoimentos

  • “Turismo com responsabilidade. Sem agredir o meio ambiente e as pessoas!
    Os passeios da Agência tem sempre o diferencial da sustentabilidade e é isso que é muito legal! Fizemos passeios de ecoturismo e turismo comunitário, todos com ótima explicação dos pontos visitados e com integração com a comunidade local!”

    Vista panorâmica da praia dos Naufragados Thiago Cagna, ecohospedagem.com
  • “Fiz o passeio da Lagoa do Peri. O Gabriel foi meu guia. Durante à volta na Lagoa e a ida à cachoeira da Gurita, explicou-me a formação geológica da Ilha de Santa Catarina, a habitação pelos índios Sambaqui e foi até a colonização portuguesa chegando aos dias atuais! Um poço de conhecimento. Além do passeio, que é uma contemplação fantástica da natureza – vendo a Lagoa do Peri, a cachoeira e várias espécies de aves – foi uma aula de geologia, história e geografia.”

    Mayko F, Macaé, RJ